Mostrando 9 Resultado(s)

A CLÍNICA DA ADOLESCÊNCIA – HOJE

“As questões relativas a adolescência tem se colocado cada vez mais como um problema frequente em nossa clínica psicanalítica. Observamos o jovem adolescente extremamente voltado para a preocupação com aparência, com o número de curtidas nas redes sociais, ou seja, em saber: “quem eu sou para o outro” , o que pode ser interpretado, muitas vezes como um comportamento voltado à superficialidade… “

A CLÍNICA PSICANALÍTICA DA CRIANÇA

“Melanie Klein descobriu que o brincar da criança é uma via de comunicação das fantasias e conflitos inconscientes presentes em seu psiquismo, tendo o mesmo status da associação livre do adulto. Isto lhe permitiu desenvolver a técnica da psicanálise de crianças e tratar dos distúrbios que perturbam seu desenvolvimento. A infância adquiriu um novo significado com as descobertas kleinianas.”

PSICOGERONTOLOGIA

Falar sobre envelhecimento suscita DEFESAS em nós, seres humanos.

Defesa contra o sentimento de finitude, de vulnerabilidade, dependência… Defesas estas, que nos impedem até de aproximarmo-nos do tema, estudar, ler… Defesas que, por vezes, se “infiltram” em nosso modo de atender no consultório, na instituição, no hospital, enfim. Uma das formas mais conhecidas de defesa – a negação – é “infantilizar” o idoso.

Nós, profissionais da saúde, temos o dever de construir um olhar específico à demanda desta população, que vem crescendo a cada dia, bem como, nos auto-avaliar e nos preparar para lidar com esta demanda contemporânea do envelhecimento do MUNDO!

ENTENDENDO A CLÍNICA E O MUNDO ATUAL COM MELANIE KLEIN

Por que estudar Melanie Klein? Qual a importância da infância no desenvolvimento emocional? Qual a diferença entre inveja e ciúme? Consumismo tem a ver com a voracidade? Estamos mais narcisistas e esquizoides na atualidade? Como isso se reflete na clínica? Venha descobrir conosco a atualidade e importância do pensamento kleiniano tanto para a compreensão mais profunda dos fenômenos intrapsíquicos como na leitura de fatos cotidianos presentes em nossa sociedade.

AS PATOLOGIAS ATUAIS NA CLÍNICA PSICANALÍTICA

Falar sobre envelhecimento suscita DEFESAS em nós, seres humanos.Defesa contra o sentimento de finitude, de vulnerabilidade, dependência… Defesas estas, que nos impedem até de aproximarmo-nos do tema, estudar, ler… Defesas que, por vezes, se “infiltram” em nosso modo de atender no consultório, na instituição, no hospital, enfim. Uma das formas mais conhecidas de defesa – a negação – é “infantilizar” o idoso. Nós, profissionais da saúde, temos o dever de construir um olhar específico á demanda desta população, que vem crescendo a cada dia, bem como, nos auto-avaliar e nos preparar para lidar com esta demanda contemporânea do envelhecimento do MUNDO!

OS PRINCIPAIS CONCEITOS DE WINNICOTT NA CLÍNICA PSICANALÍTICA

Winnicott formulou inúmeras contribuições para a compreensão dos fenômenos mais primitivos da mente e sobre a importância da relação mãe-bebê no início do desenvolvimento emocional. Você sabe o que é um objeto transicional? E o falso self, até onde é patológico? O que é breakdown? Venha discutir conosco estes inventivos conceitos!